Desidratação de flores

floresdesidratadas
Share Button
Conservando a beleza por mais tempo

Aprenda 5 processos para ter sucesso na desidratação de flores

Após serem colhidas, as flores tem uma durabilidade muito curta, mas, com alguns métodos simples, a beleza das cores pode ser preservada por um tempo maior. Alguns processos podem ser feitos para criar arranjos de flores desidratadas com maior durabilidade.

Processos de Desidratação e Conservação de Flores

Selecionamos alguns métodos para ter em casa belos arranjos de flores desidratadas. As rosas e hortênsias podem ser desidratadas no varal (ao ar), já aquelas que precisam ter suas cores e estruturas conservadas, como as tulipas, gérberas e crisântemos, a melhor opção é secá-las no micro-ondas. Outro método para secagem das hortênsias é o vaso com água. Também pode ser usada a Sílica gel e areia fina para desidratação e conservação. É importante que as flores não estejam muito maduras, pois isso pode despedaçá-las e tornar o processo inviável e, que, não apresente danos nas pétalas, pois irão ficar mais evidentes depois da secagem.

rosas

1º Processo – Secagem ao ar livre

Neste processo é possível secar qualquer tipo de flor, mas aquelas mais frescas, cheias e saudáveis são as melhores. Evite as murchas e doentes, já que elas parecerão mortas quando secas. Tire as folhas dos caules para que eles fiquem lisos até o botão da flor. Cada tipo deve ser reunido em conjuntos individuais. Flores grandes como rosas e hortênsias, devem ser secas individualmente. Enrole um pedaço de fio ao redor do maço diversas vezes próximo a base do caule, amarrando com um nó ou laço. Certifique-se de que o fio esteja preso o bastante para que as flores não caiam quando penduradas. Ponha os maços em um local fresco e seco, onde elas não sejam perturbadas. Pendure-os no arame usando o fio, de forma que eles não fiquem tortos. As flores secarão na mesma direção que estão penduradas, tente garantir que todos os botões estejam virados para o chão. Aguarde de 2 a 4 semanas para uma completa secagem. Se os maços começarem a escorregar durante o processo, amarre-os novamente e pendure outra vez. Do contrário, evite tocá-los. No final do processo, dê uma borrifada suave de spray para cabelo para ajudar a manter o formato.

varal

2º Processo – Secagem no micro-ondas

Escolha suas flores, de preferência as pequenas. Ervas também podem ser secas por esse processo e armazenadas para uso posterior. Disponha as flores no papel toalha, elas não precisam estar organizadas em uma ordem específica, mas não devem tocar uma na outra, faça pequenos conjuntos se você tiver muitas flores para secar assim. Aqueça as flores no micro-ondas, ponha o papel toalha com as flores dentro do micro-ondas e aqueça na potencia média a máxima por 1 minuto, se elas não estiverem secas depois deste tempo, substitua o papel toalha por um novo (seco) e repita o processo. Uma vez que toda a umidade tiver sido removida, tire as flores do papel toalha, deixe-as esfriando por pelo menos 10 minutos antes de usá-las no projeto decorativo.

microondas

3º Processo – Secagem Natural em Água

O ideal é escolher as flores de Hortênsia com seis semanas de floração. Para identificar este momento, observe se a flor já apresenta o aspecto de “papel”, ou se a minúscula florescência entre as pétalas já esta abrindo. Pela manha, corte ramos com 20 cm de comprimento e retire todas as folhas. Coloque os ramos na jarra, a água deve cobrir pelo menos metade da haste. Não coloque muitos ramos em uma única jarra, evite que eles se encostem. Aproveite esse processo para enfeitar a casa. Coloque as jarras em lugares bem arejados, secos e com luz solar indireta. Permita que a água evapore naturalmente. Provavelmente, quando a jarra estiver vazia a hortênsia estará pronta para ser usada na decoração. A tendência é que durante o processo, elas adquiram uma tonalidade marrom, se preferir, pode adicionar corante de flores na água. Os mais utilizados são os de coloração rosa, azul e amarelo.

hortensia

4º Processo – Secagem com Sílica Gel

Para secar flores com sílica, use uma caixa de plástico, bem vedada (Caixa container) ou um vidro de boca larga. Coloque a Sílica no fundo, acomode as flores para secar e cubra com mais sílica até as flores ficarem completamente cobertas. Deixe as flores durante 48 horas inseridas na sílica gel. Após esse prazo, retire as mesmas com uma pinça. Utilize um pincel seco para limpar as flores. Esse método preserva bastante a cor da flor, pode ser utilizado com orquídeas, hortênsias, ixora, etc.

silica

pincel

5º Processo – Secagem em Areia

Para secar flores em areia deve-se utilizar a areia de construção ou de lojas pet, com a granulometria mais fina. Ela deve ser lavada e seca ao sol ou no forno do fogão. Deixe esfriar antes de utilizar. Utilize uma caixa de papelão, cubra o fundo com areia, acomode folhas e flores e espalhe a areia em cima e ao redor das plantas, até a completa cobertura. Deixe em local ventilado. Depois de secas as plantas, as mesmas deverão ser limpas com um pincel seco. A areia poderá ser reutilizada, mas para tanto deverá ser lavada e seca ao sol ou forno. Neste processo, as flores de pétalas úmidas (Hibiscus), folhas e hastes podem ficar quebradiças e com aspecto ruim.

areia

Dicas extras:

  • Para evitar o ataque de insetos que se alimentam das flores secas, coloque naftalina no recipiente, assim eles serão repelidos. É importante manter as flores e recipientes sempre limpos.
  • Para mantê-las bonitas após a desidratação, deixe-as longe do sol e calor excessivo.

rosa

Fonte: TerralAgr

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>